terça-feira, 17 de novembro de 2009

É dezembro afinal

Á pedidos, farei um conto (: dedidado a Kamilla Mathielo, ou simplesmente, minha amiga kamilinha *-*
----x----
A luz do sol era tão forte e intensa que feria meus olhos, então deixei que os mesmos permanecessem fechados e permiti que minha cabeça tombasse para trás, a fim de que todos os raios de sol possíveis pudessem lamber meu rosto o tanto que quisessem. É dezembro afinal!

- Ei, Mari, podemos ficar aqui até quando quisermos, certo? - olhei para minha amiga com seu Hot Buttered reluzindo sob toda aquela luz de verão.

- Certo. - por um momento minha amiga olhou para mim através de seus óculos escuros, mas depois se voltou ao horizonte novamente (ou devo dizer para o... bom, para quem estava no mar?).

Eu sabia que era essa a resposta, mas como era bom demais para ser... acreditável, eu resolvi confirmar - o que você queria? Se estivesse no meu lugar, uma garota de 16 anos que passou de ano direto, também meio que acharia isso tudo inacreditável. Estava tudo tão... perfeito!
Apertei os olhos o máximo que pude debaixo do meu Ray Ban e, mais uma vez, deixem que o sol lambesse meu rosto com aquele calor delicioso.

De repente, sinto pequenas gotículas caindo sob minhas pernas, braços... Abri os olhos rapidamente procurando enlouquecidamente por qualquer vestígio de chuva; mas era só o Jorge todo molhado parado em minha frente, com sua inseparável Prancha.

- Oi - ele disse piscando seus cílios carregados de água (o que deixava os olhos azuis dele mais profundos e irresistíveis ainda) para mim.

- Oi - respondi, ainda com meu Ray Ban sob o rosto.

- O sol está tão bom assim? - ele perguntou, se sentando ao meu lado, de modo que jogou um pouco de areia em minha Melissa nova, mas tudo bem, se isso é o sacrifício que eu tinha de correr para ficar do lado do cara mais gostoso da escola, eu o deixaria jogar um caminhão de areia em cima de todas as minhas Melissas tranquilamente, mas enfim.

- Aham - assenti. Eu não queria parecer... fácil demais.

Mas eu meio que mudei de idéia quando ele se levantou e mandou:

- Vem, eu vou lhe comprar um sorvete. Ou um milk-shake. Não sei, o que você escolher.

Olhei de imediato para a Mari, que estava olhando para nós com uma sombrancelha perfeitamente recém-feita arquiada e o cenho franzido. Quando percebeu que estava esperando sua aceitação, fez um sinal positivo com a cabeça, incentivando-me. Abri um sorriso para minha melhor amiga.

- Vamos? - agora eu olhava para Jorge.

- Claro. - ele deu um sorriso estonteante para mim.

Caminhamos até a primeira barraquinha e nos sentamos - depois dele ter pagado dois milk-shakes - na sombra de um coqueiro.

- Altas ondas hoje? - perguntei, balançando meu milk-shake.

- Ah, o mar não tava tão bom assim.

Eu semicerrei os olhos, olhando-o.

- Você estava na areia, não no mar. - ele disse em tom explicativo e se aproximou um pouco mais de mim. Estávamos TÃO perto um do outro, que eu ouvia sua respiração.

Um vento tirou uma madeixa de meu cabelo e o jogou contra meu rosto, e ele o colocou de volta atrás de minha orelha, o que o fez ficar mais perto ainda.

Por um momento me esqueci de como se respirava.

- Nunca tinha percebido que você tinha sardinhas. Te deixam fofa, haha - ele disse, dando um sorriso torto.

- Obrigado - retruquei, sentindo minhas têmporas já quentes.

Lembrei-me de respirar, e logo depois soltei uma lufada de ar.

- Você sabe que não sou o que dizem, não é mesmo? - ele disse, agora com a expressão séria.

- Hã?! Do que você está falando, menino? - perguntei, espantada, com os olhos meio que... arregalados.

CONTINUAÇÃO SEM FALTA NO PRÓXIMO POST (CONFORME PEDIDOS)!

4 opiniões:

Kaah Mathielo =] disse...

haha' fui primeira a comentar! valeu amiiga...simplesmente a-m-e-i espero o proximo post...
TE AMOOOO
beijosss
Kamilinha

PS: fiz um outro blog.. mas esse é só pra um livro q eu vou fazer. vc é a primeira pessoa q sabe hein
www.omundodeumaadolescente.blogspot.com

... disse...

Lindooonaaa, que saudade primeiro blog que eu volto e comento e o seu, adorei sue conto ta lindoc omo sempre. Posei uma poesia la depois se quiser ver! Beijos Ritinha

Carolzinha ♥ disse...

Ounw, ameeeeei o conto *_*, espero que você continue looooogo!

Você escreve muito bem :D


beeeeijos \o/

- anna. disse...

aah , continuua ? eu amei essa história e eu venho aqui quase todo dia . eu preciso saber o que vai acontecer (: