sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

É dezembro afinal [2]

- Você sabe, esse lance de galinha ou seja lá o que for.
- Ah. Ah. - realmente ele se superou dessa vez.
- Ah .. o que? - ele disse, inexpressivo.
- Bem, e-eu.. eu não sei. - POR QUE eu estav a gaguejando? Ah meu Deus!
- Não sou, ok. Não sou. - por um instante seus olhos pareciam brilhar mais do que o normal.
- Se você diz eu...
- Acredita? - ele me interrompeu.
- É.
- Obrigado - de repente algo quente e pesado pousou sobre minha mão trêmula e insegura.
E quando eu ia protestar algo que nem eu sabia bem, foi a vez de minha boca ser coberta por algo quente, mas leve, e doce, como mel ou mais do que isso.
Era como uma explosão de emoções, e eu não sabia direito o que fazer, até que subitamente seus lábios se descolaram dos meus. Eu o fitei por um momento, e, nada mais importava quando eu ouvi três palavras que eu desejava por tantos anos.
- Eu te amo.
A ventania que vinha do mar, os grãos de areia, a luz solar que golpeava meu corpo, a salinidade no ar, a água de coco gelada sob minha perna e tudo o mais que havia em volta de nós não existia mais e nem fazia sentido. Porque eu vi que o que me prendia ali não era a força da gravidade, e sim aqueles olhos incrvelmente azuis. Eu não consegui responder, e acho que a intenção dele não era mesmo ter uma resposta, pois ele se aproximou um pouco mais, pousou uma de suas mãos em minha cintura e outra em meu rosto e me levou - novamente - para um paraíso do qual eu não pretendia sair nunca, se pudesse.
Eu decidi ficar ali mais um pouco, amor de verão, praia, férias, um rayban ... era dezembro afinal!
-
Essa foi a continuação do post abaixo (: mil desculpas pela demora, amores! imprevistos e mais imprevistos D: desculpem mesmo, por favor. Espero não ter sido abandonada :/ amo vocês, beijos :* s2
No próximo post um especial de Festas de fim de ano *-*

3 opiniões:

Kaah Mathielo =] disse...

aainh aaamiga, que saudades eu tenho de tii!
AMEI a sua historiia! Isso naao é novidade né!
enfim, continue assim Mary!
Ti amu amiga
beeijos da sua baba-ovo
KAMILINHA :D

Mαrih Menezes; disse...

Maarih,
você desapareceu D:
Mas eu, pelo menos, não abandono bloggeiros que dão uma sumidinha.

Caara, eu amo essas suas histórias, sempre tão fofas e sentimentais *---*
Elas me fazem babar ;X

Beijos, e espero que voce arranje mais tempo pra esse teu espaço aqui :*

Laís *-* disse...

amei a história tbm,marii
:)

bjbj, saudades