sábado, 11 de julho de 2009

Rêves Sucrés

Você não é boa o bastante - foi a única coisa que ouvi. De repente, a voz da sra. Anderson, que não passava de um sussurro rouco, agora era um grito, agudo e persistente em dizer as palavras a que eu tanto temia.
Ok, eu não sou loira, nem tenho o corpo da Pamela Anderson - quer dizer, poxa, a mulher fez SOS Malibu, isso não basta para você?! -. E roo as unhas. Mas, e daí?! Quero dizer, quem liga para os padrões de beleza? Isso é coisa do passado. Ou não. Pelo menos não para a sra. Anderson, que não me achava boa o suficiente.
M-mas... e-eu... Ah, sra. Anderson! Por que?! - eu gemi. Você também ficaria assim. Uma velhinha de cabelos longos prendidos em um coque em cima da cabeça por uma presilha de florzinha e totalmente albinos, olhos azuis vestindo um suéter de tricô parece bem inofensiva. Bem, pelo menos parecia, até ela começar a falar que você não é boa. Não o suficiente.
Calma, querida - disse ela em um tom afável.
Eu tentei argumentar. Eu juro que tentei. Mas, vou lhe contar: a sra. Anderson não é nem um pouco o tipo que muda de decisão tão facilmente. O melhor que consegui foi "Kim, quem sabe da próxima vez?!".
Eu estava bem frustrada com essa coisa de você-não-é-boa-o-bastante; bem, para uma garota de 16 anos isso pode parecer pior do que você imagina.
A sra. Anderson meio que não tinha o direito de fazer isso comigo. Será que ela falava isso também à todas as jovens talentosas que iam até seu estudio? Acho que não.
Era só comigo mesmo. Ela nem prestava ateção em mim direito... Tudo bem que esta é a segunda vez que vou lá em menos de uma semana. Mas, e o negócio de correr atrás dos seus sonhos não vale mais?! Era simplesmente isso que eu estava fazendo. Correndo atrás do meu sonho.
Mas se a velha sra. Anderson pensou que me dispensar - mais uma vez - iria me fazer desistir, ela estava completamente, completamente errada afinal.
-
continuação no próximo post, e se vocês gostarem né :)
AH, geeeeeeeente, já contei que eu sou cruzeirense? Que pena. Pois é, eu sou! E, por acaso, vou assistir a final da Libertadores, lá no mineirão, contra o Estudiantes, da ARG õ/ tô tãããããão feliz *-* nem dá para acreditar.
E, a Daay, vai conhecer a fada *-------* a diva! a Anahí *o* cara, inveja mil dela, rs/brimks
mas, enfim, pessam continuação da história e me ajudem com o nome! por enquanto vou deixar rêves sucrés, que significa "Sonhos Açucarados"... sei que o texto não ficou nenhum pouco bom... fiz esse texto do nada, por isso ficou essa bosta ç.ç mas, ok, melhora com o tempo.
obg desde já :) e bom final de semana :D
beeeeeeijos da mari :*

6 opiniões:

cary. disse...

ooooooooooun, que texto liiiiiindo *----* eu te achei no Blorkutando, por acaso, e resolvi entrar pela simplesmente porque no seu endereço se encontra a palavra americana 'stories', uma das minhas paixões... Aaaaah, ficou massa esse texto e te linkei, tudo bem pra voce ?

[http://colunadacary.zip.net]

Taty disse...

Oi Mari ta lindo seu texto e o título tbm, ficou muito fofo, pode dar continuação a essa história sim q está ótima viu...
Obrigada pela visita e pelo comentário no meu blog. =D
Beijão e continua escrevendo
[toprincess.zip.net]

Ritinhaa disse...

Caraa nunca tinah vindo aqui .. tá muiito lindo, adorei seu post!
beijoss

Luiza Padovezi disse...

nossa, adorei isso aqui, você é muito criativa!!! de verdade!
gostei da maneira como conduz a história e voltarei para ler o resto =D

e ah, sou cruzeirense....dava tudo pra ir no jogo...mas ah, perdemos =(( acho q se fosse no campo ia jogar um bomba lá

Kaah Mathielo =] disse...

amiiiga, q texto liindoooo
AAMO o seu bloog
beijoss
kaah

Daay D. disse...

Sabe que eu amei, né?